21 de jun de 2008

Samosas!



Uma receita indiana deliciosa.

Ingredientes:

Massa:

4 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 pitada de sal
¾ de xícara (chá) de manteiga derretida

Recheio:
1/2 colher (chá) de mostarda em grão
1/4 xícara (chá) de óleo
Gengibre ralado
1 colher (chá) de açafrão-da-terra (curcuma)
2 colheres (chá) de cominho moído
5 batatas cozidas, sem casca e cortadas em cubinhos
Coentro picado
Sal a gosto
Óleo para fritar

Modo de Preparo:

Misture a farinha, a manteiga e o sal. Aos poucos adicione cerca de 1/2 xícara de água morna. Amasse até obter uma massa homogênea.

Prepare o recheio: leve ao fogo o óleo junto com a mostarda. Quando começar a pipocar acrescente o gengibre. Frite rapidamente e adione o açafrão, o coentro moído e o cominho. Junte a batata e misture. Tampe a panela e cozinhe, em fogo baixo, por 3 minutos. Tempere com sal e adicione o coentro fresco picado, deixe esfriar. Sobre uma superfície lisa polvilhada com farinha de trigo, abra a massa em círculos de uns 12 cm de diâmetro. Corte cada rodela ao meio e com cada pedaço forme um cone. Coloque um pouco de recheio preparado e feche bem. Deixe sobre um pano umdecido. Frite os pastéis em óleo quente, em fogo baixo, pouco a pouco, até dourarem dos dois lados.

Para fechar bem os pastéis, umedeça as bordas de massa com água fria.

Retirado do site: www.guardioes.com

Geléia de Morango

Como vocês já devem ter percebido, sou fã de morangos. Não são minha fruta preferida (a número 1 disparado são as tangerinas-poncãs), mas posso colocá-los em segundo lugar no meu coraçãozinho vegetariano. Pros fãs de doces, uma receita econômica.

Ingredientes:

1 bandeja pequena de morangos lavados e sem as folhinhas, cortados em fatias
250g de açúcar (ou mais, até dar o ponto de geléia)
1/2 xícara (chá) de água

Modo de preparo:

Numa panela, cozinhe todos os ingredientes até obter um purê cremoso. A fruta deverá se desmanchar e a maior parte da água deverá evaporar. Coloque em potes de vidro, tampe e sirva com torradinhas, como cobertura para bolos, recheio de casadinhos, etc.

Tortillas, a revanche!


Fiz uma receita diferente de tortillas, e recheei com soja ontem. É uma receita ainda mais econômica que a anterior que passei e tão boa quanto. Burritos, avante!

Tortillas:

150g de farinha de milho fina (usei fubá mimoso)
180g de farinha de trigo comum
250 ml de água morna
1 pitada de sal

Modo de Preparo:

Numa tigela, despeje as farinhas e o sal, misture e faça uma cova no centro. Vá adicionando a água morna aos poucos, misturando e amassando até obter uma massa lisa. Se necessário acrescente mais água (se ficar muito dura) ou mais farinha (se ficar muito mole!).

Aqueça uma frigideira de teflon com um tiquinho de azeite.

Numa bancada, polvilhe um pouco de farinha de trigo e pegue uma bolinha de massa, do tamanho de uma bola de pingue-pongue. Com o rolo, vá abrindo até obter um círculo bem fino. Coloque a massa na frigideira e deixe tostar até que as beiradas levantem levemente. Vire e deixe tostar do outro lado.

Vá empilhando os discos de massa em um prato, intercalando-os com papel-filme.

Recheio de PTS com nozes!

Tem bastaaante noz pecan nos mercados daqui essa época, então aproveitei e comprei um pequeno estoque, e estou usando em saladas e no preparo de alguns tipos de alimento. Com a PTS achei que ficou delicioso.

Ingredientes:

1 xícara (chá) de PTS fina
2 colheres (sopa) de shoyo
1 xícara (chá) de água
1 envelopinho de tempero sazón para legumes
1 pitada de pimenta do reino em pó
5 nozes pecan partidas ao meio
1 dente de alho
1 colher (sopa) de azeite de oliva

Modo de Preparo:

Ferva a água e acrescente o shoyo. Numa tigela, misture a PTS com o tempero sazón e a pimenta do reino. Despeje a água com shoyo e aguarde cerca de 15 minutos, até hidratar.

Numa panela, frite o alho no azeite até ficar dourado. Acrescente as nozes e refogue bem. Adicione a PTS hidratada, mexendo bem, e deixe refogar por alguns minutos. Prove o sal (o shoyo já confere um ótimo sabor, não sendo necessário incluir mais sal no refogado).

Para servir, coloque a PTS no meio de cada tortilla e enrole como se fosse uma panqueca. Pode acompanhar com algum molho de preferência, eu prefiro puro!

Bom apetite! ^^

19 de jun de 2008

Tacos Mexicanos


Arriba! Comida mexicana é o que há, ainda mais que permite uma variedade enorme de sabores sem a necessidade do uso de carnes de espécie alguma.

Abaixo, uma receita de massa vegan de tortilla e uma sugestão de recheio.

Ingredientes:

1 1/2 xícara(s) (chá) de farinha de trigo
1 1/2 xícara(s) (chá) de fubá
1/2 colher(es) (chá) de sal
3 colher(es) (sopa) de azeite
180 ml de água morna

Modo de Preparo:

Misture a farinha, fubá e sal. Acrescente o azeite e misture até formar uma farofa. Acrescente a água aos poucos mexendo até criar liga, formando uma bola. Se necessário, use um pouco mais de água. Trabalhe a massa por cerca de 5 minutos, amassando até que fique bem homogênea e não grude mais nas mãos. Deixe descansar de 30 a 45 minutos. Divida a massa em 15 bolas e vá abrindo uma por uma, deixando as outras cobertas com filme plástico (imprescindível!). Para tortillas grandes, abra o disco com 18 cm, se for pra tortillas menorzinhas, corte com a xícara de café (lembre-se, a massa deve ficar fina). Frite as tortillas em frigideira quente: unte a frigideira e toste levemente de um lado, vire a tortilla e pressione delicadamente até formarem as bolhas. Vire e aguarde mais 1 minuto. Vire novamente e deixe ela tostar levemente em alguns pontos.

Sugestão de recheio vegan! Guacamole!

Ingredientes:

1 abacate picadinho
2 dentes de alho picados ou amassados
2 tomates sem pele e sementes picados
1/2 cebola picadinha
Coentro
Cebolinha
Pimenta malagueta
2 colheres (sopa) de suco de limão
Sal a gosto

Modo de Preparo:

Misture todos os ingredientes até obter um patê. Sirva frio!

Meus "filhos"

Como não tenho filhos humanos, sou muito, mas muito apegada aos meus filhos não-humanos. Aliás, mesmo se tivesse filhos humanos, continuaria sendo! Ai embaixo estão os três pestinhas:










Da esquerda para a direita, Bandit, o shih tzu; Leopoldo Tintinho, o hamster; e Juliana, a Juju, pinscher.

Pasta de Ricota e Banana Passa



Uma receita com sabor exótico para os ovo-lactos. Acompanha muito bem torradas ou nachos.

Ingredientes:

400g de ricota
8 azeitonas (grandes) picadas
10 tomatinhos cereja cortados ao meio
1 pacote (86g) de banana passa picada
Azeite extra-virgem
Salsa
Alecrim
Sal a gosto

Modo de Preparo:

Esmigalhe a ricota em uma tigela. Junte o restante dos ingredientes e misture bem.

Essa pasta também pode acompanhar uma massa. Não testei a versão vegana com tofu, mas acredito que deva ficar muito saborosa.

Pãozinho de Liquidificador

Sou apaixonada por pães, se forem veganos, melhor ainda! Essa receita é de Ana Maria Curcelli, autora do livro Cozinhando sem Crueldade e foi retirada do site nutriVeg.

Ingredientes:

2 tabletes de fermento biológico
1 xícara (chá) de leite de soja ou água
1/2 xícara (chá) de açúcar
3 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de margarina
uma pitada de sal

Modo de Preparo:

Coloque no copo do liquidificador o fermento, a água ou o leite, o açúcar, o sal, a margarina e 1/2 xícara de farinha de trigo. Bata até ficar uma mistura homogênea.

Coloque numa tigela e junte o resto da farinha. Sove bastante até obter uma massa lisa. Faça bolinhas menores que a palma da mão e coloque-as numa assadeira sem untar. Deixe crescer por 1 hora dentro do forno. Não deixe as bolinhas muito perto uma das outras e nem muito grandes porque elas irão dobrar de tamanho. Pré aqueça o forno e asse os pãezinhos por 30 minutos, ou até que a parte inferior esteja morena.

Toque meu na receita: Antes de assar, polvilhe gergelim (sementes de sésamo) sobre os pãezinhos.

18 de jun de 2008

Milkshake Vegan de Morango



Ingredientes:

1 envelope de polpa de morango congelada
1 copo de leite de soja sabor baunilha bem gelado
açúcar ou adoçante à gosto

Modo de Preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador. A intenção de usar o leite bem gelado é garantir a maior cremosidade do shake. Uma receita deliciosa e com bem menos calorias (e mais ética!) que os milkshakes tradicionais de lanchonete.

Yummy!

Carne Vegetal de Glúten (Seitan)



Ontem fiz a minha primeira experiência com a carne vegetal. Decidi fazer em casa pois é muito difícil encontrar a carne vegetal enlatada nos mercados daqui, mas continuarei procurando. Apesar da trabalheira, foi uma ótima experiência com bons resultados.

Como fazer a "carne" de glúten!

Em uma tigela, despeje 1/2 kg de farinha de trigo branca, não refinada. Vá acrescentando água aos poucos e amasse até obter uma massa lisa, parecida com a de pão. Cubra a massa com água e deixe descansar durante 1 hora e meia, 2 horas.

Após passado o tempo de pausa, escorra a água e separe a massa em duas partes, para ser mais fácil a lavagem. Vá lavando a massa, apertando bem sob água corrente. Observe que a água sairá esbranquiçada; o amido está sendo retirado. Continue lavando até que a água saia clara e a massa fique amarelada. Quando chegar a este ponto, o amido terá sido removido e sobrará apenas o glúten. Aviso antes que este processo de lavagem é um pouco demorado, no meu caso cada bola de massa demorou cerca de 20 minutos para ficar pronta.

Após a lavagem, corte a massa em cubinhos ou fatias, como preferir, e reserve.

Numa panela de pressão, doure dois dentes de alho em um fio de azeite. Acrescente cebola, deixe refogar. Coloque a carne vegetal na panela, esfarele um cubinho de caldo de legumes e acrescente um pouco de louro em pó, refogue bem. Acrescente shoyo para dar cor e sabor à carne. Cubra com um pouco de água, espere ferver e tampe a panela de pressão. Cozinhe durante 15-20 minutos.

A carne vegetal estará pronta.

Em tempo: o glúten está proibido para portadores da doença celíaca!

Bolo de Banana Vegan sem Açúcar!


Sou fã de bananas, especialmente em bolos. Encontrei essa receitinha na comunidade Receitas Éticas:

Ingredientes:

6 bananas médias bem maduras amassadas com o garfo
1 xícara (chá) de passas sem sementes
2 maçãs bem picadinhas
1 pitada de sal
2 xícaras de trigo para quibe
2 colheres de canela em pó

Deixe o trigo de molho em água para hidratar e espremer bem. Misture o restante dos ingredientes e coloque em forma untada.
Asse até a massa ficar bem escura.

Opcional: Acrescentar castanhas ou nozes à massa.

17 de jun de 2008

Suflê sem Ovos

Adoro suflês, e sei o quanto é difícil fazer com que cresçam bonitinhos, ainda mais sem ovos! Mas essa receita é maravilhosa. Achei em uma comunidade do orkut.





Ingredientes:
100g de tofu
pimenta do reino, sal e noz moscada a gosto
1 kabu (nabo japonês)
1/2 cenoura
1 colher (sobremesa) de farinha de soja
1 colher (sobremesa) de farinha de trigo integral grossa.
1 forminha refratária para suflê
óleo para untar.

Modo de Preparo:
Bata no liquidificador o tofu, sal, pimenta, noz moscada (coloque bastante) e as farinhas. Divida em duas partes.

Cozinhe o nabo e a cenoura até ficarem macios mas firmes. Escorra.
Bata no liquidificador metade da mistura de tofu com o nabo. Coloque na forma para suflê previamente untada. Bata a outra metade do tofu com a cenoura e preencha o restante da forminha.
Leve ao forno quente por 15 minutos (ou até dourar).

Uma opção deliciosa é juntar três castanhas do pará moídas na massa de cenoura antes de assar. Sirva quente e bom apetite!!

Pizza Vegana


Com esse friozinho, adoro ficar perto do fogão. Ontem fiz essa receita de pizza, e ela é maravilhosa. Ovo-lactos podem usar mussarela se desejarem na cobertura.

Massa:

1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1 pacotinho de fermento para pão em pó
1 pitada de sal
1 colher (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de azeite de oliva
1/2 xícara (chá) de água morna

Preparo:

Numa tigela, misture o açúcar com o fermento e acrescente a água morna, mexendo até tudo estar bem misturado. Cubra com um pano e deixe em local aquecido e livre de correntes de ar. Aguarde mais ou menos 5 minutos, ou até o fermento começar a espumar (em dias mais frios isso pode demorar mais).

Em uma tigela, despeje a farinha de trigo e misture com o azeite, até obter uma farofa grossa. Acrescente a mistura de fermento e misture, amassando até obter uma massa lisa. Se necessário, vá acrescentando mais farinha, tomando o cuidado para ela não ficar muito dura. Cubra com um pano e deixe descansar em local livre de correntes de ar e levemente aquecido, até a massa dobrar de volume. Isso pode demorar um pouco se o dia estiver frio, ontem estava bastante e a massa cresceu bem pouco. Mas o resultado final não é prejudicado.

Estenda a massa com um rolo e forme um disco grande, ou vários pequenos se desejar fazer mini-pizzas. Coloque em uma forma, espalhe o recheio e asse até a massa ficar levemente dourada.

Sugestão de recheio:

3 colheres (sopa) de molho de tomate caseiro (preparado sem caldo de carne!)
1 tomate em rodelas
3 colheres (sopa) de azeitonas pretas sem caroço, fatiadas
orégano a gosto
150 g de tofu em lascas (ou mussarela)
5 folhas de manjericão

Espalhe o molho sobre a massa. Acrescente os tomates, espalhe o tofu, as azeitonas, o manjericão e o orégano. Leve ao forno até a massa estar dourada. Bom apetite!

16 de jun de 2008

Hambúrguer de Soja com Ricota


Num dia de pressa e muita fome, inventei esse sanduíche meio sem fé, mas ele ficou muito saboroso.

Ingredientes:

100g de ricota amassada com um garfo
1 colher (sopa) rasa de mostarda francesa em grãos
1 colher (sopa) de azeite de oliva
Sal a gosto
Orégano a gosto
3 rodelas de pimentão (eu usei o verde)
1 hambúguer de soja (caseiro ou congelado) grelhado
1 pão de hambúrguer, ou 2 fatias de pão de forma integral

Preparo:

Misture a ricota com o azeite e a mostarda em grãos até formar um patê. Tempere com o sal e orégano. Espalhe a mistura no pão (deve ficar bem recheado), cubra com as rodelas de pimentão e e o hambúrguer e sirva.

Esse lanche fica muito bom frio.

Obs.: A mostarda francesa, apesar de mais cara, dá um sabor muito especial. è bem diferente dos molhos de mostarda convencionais.

Hidratando a PVT!



O que significa PVT e PTS? Quem não é vegetariano ou está começando agora talvez não conheça estas siglas. Elas querem dizer basicamente o mesmo:

PVT = Proteína Vegetal Texturizada
PTS = Proteína Texturizada de Soja

Normalmente, são vendidas em embalagens plásticas de 250g em qualquer supermercado grande ou casa de produtos naturais, e pode vir na forma granulada (similar à carne moída) ou em cubos.

Quer aprender a hidratar a proteína vegetal texturizada?

Vamos lá: Utilize uma proporção de uma xícara e meia de água fervente para cada xícara de PVT. Normalmente, dissolvo um pouco de caldo de legumes, shoyo e orégano, ou uso curry na água antes de acrescentar à proteína. Espere cerca de 15 minutos enquanto hidrata. Depois, escorra o tantinho de água que sobrou e prepare da mesma forma que a carne comum. Pode ser refogada com cebola, alho, tomate, pimentão, usada em strogonoff, falsa carne de panela, empadões, etc. Enfim, as possibilidades são infinitas e só dependem da imaginação.

As marcas que mais utilizo, que são as mais facilmente encontradas aqui em Londrina, são a Jasmine e a Mãe Terra. Existem outras também, locais, muito boas mas que não recordo a marca, e em outras localidades deve haver muitas outras variedades.

Cookies de Chocolate

São perfeitos e muito saborosos!









Ingredientes:

1 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de margarina derretida
Essência de Baunilha à gosto
1 pitada de sal
1 colher (chá) rasa de fermento em pó
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de aveia em flocos
1 xícara (chá) de chocolate meio amargo picado em pedaços irregulares

Modo de preparo:

Despeje o açúcar numa tigela. Acrescente a manteiga e a essência, e misture até obter um creme. Adicione o sal, fermento, e misture. Acrescente a aveia e a farinha de trigo, misturando até obter uma massa lisa. Acrescente o chocolate e misture, até obter uma massa irregular, mas que possa se pega em pequenos bocados. Se necessário, acrescente mais farinha.

Espalhe pequenas bolas em uma forma (não é necessário untar), com um bom espaçamento entre elas (ao assarem, elas espalham, ficando bolachas chatinhas). Leve a assar em forno pré-aquecido durante mais ou menos 35 minutos, ou até estarem dourados. Sirva puro ou com sorvete.

Para congelar, embale em potes fechados e leve ao freezer.

Torta de Legumes com Manjericão


Essa receita é uma adaptação que fiz de um livro vegetariano. Fiz ontem e ficou muito boa.

Ingredientes:

Massa:

1 xícara (chá) de farinha de trigo
100g de margarina em pedaços
1 gema
1 colher (sopa) de água

Recheio:

2 tomates sem sementes em lascas
1 cebola em rodelas bem finas
1/2 lata de ervilhas
2 talos de salsão (aipo) picado
1 cubo de caldo de legumes (eu uso o Vitalie, esfarela bem fácil)
2 dentes de alho
1 colher (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de manjericão picado
meia xícara de azeitonas picadas
100g de mussarela em lascas bem finas
Azeite para regar

Modo de Preparo:

Massa:

Peneire a farinha em uma tigela. Acrescente a margarina e misture com uma colher, desfazendo os pedaços até obter uma farofa. À parte, misture a gema de ovo com a água e acrescente à farofa, amassando até obter uma massa lisa. Forme uma bola, embrulhe com papel filme e leve à geladeira por 30 minutos.

Recheio: Doure o alho no azeite. Acrescente os tomates, a cebola e refogue bem. Junte o salsão picado e refogue mais um pouco. Esfarele o caldo de legumes sobre o refogado, misture as ervilhas e refogue mais um pouco, até as cebolas, salsão e tomates ficarem macios. Acrescente o manjericão picado e reserve.

Montagem: Forre o fundo e os lados de uma forma para torta com a massa, fure com um garfo e leve a assar em forno pré-aquecido durante 15 minutos. Espere esfriar. Regue com azeite, espalhe o refogado de legumes, cubra com as azeitonas e espalhe a mussarela por toda a superfície. Leve ao forno até derreter o queijo e sirva quente, acompanhando um bom hambúrguer de PVT.

Começando!

Sem delongas, aqui vou postar receitinhas que crio ou testo, cem por cento vegans ou ovo-lacto-vegetarianas. Enjoy!